Busca rápidaX

China mira Brasil e deve reduzir importação de soja dos EUA em 18/19

4 de setembro de 2018

A China substituirá quase inteiramente suas importações de soja dos Estados Unidos por grãos brasileiros e de outras origens na próxima temporada, mas poderá ficar sem a oleaginosa no início de 2019, disse um executivo de uma grande esmagadora nesta terça-feira.

A previsão é uma das mais pessimistas sobre o impacto da guerra comercial entre Washington e Pequim para os agricultores norte-americanos.

O maior comprador de soja do mundo importou cerca de 60 por cento das exportações da oleaginosa dos EUA no ano passado, mas está praticamente fora do mercado desde que Pequim impôs uma tarifa de 25 por cento sobre o produto norte-americanos em 6 de julho, em retaliação às tarifas aplicadas pelo governo de Donald Trump.

As importações dos Estados Unidos vão despencar ainda mais na temporada 2018/19, a partir deste mês, para apenas 700 mil toneladas, disse Guo Yanchao, vice-presidente do Jiusan Group.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Reuters

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Peugeot Champs Elysées
Estude Medicina na Argentina

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!