Busca rápidaX

Chuvas impedem maiores perdas nas lavouras na região de Ijuí, mas não evitam grande número de Proagros

21 de janeiro de 2020

As chuvas do momento, também da semana passada, estagnaram as perdas nas lavouras de verão dentre os 44 municípios do escritório regional da Emater, sediado em Ijuí. De acordo com o agrônomo, Gilberto Bortolini, a quebra geral no milho para grãos está em 30%. Porém, o dado inclui o cereal sequeiro e irrigado, ou seja, se contabilizar apenas o milho sem irrigação os prejuízos são maiores, no entanto não há números específicos desta última área.

O que se sabe, também, é que na região de Santo Augusto a quebra no milho é menor. As maiores perdas estão em lavouras da região que abrange Ijuí, Cruz Alta, Ibirubá, Salto do Jacuí, Jóia e Panambi, onde a redução de produtividade pode chegar a até 70%, pela menor quantidade de chuva.

Já a silagem de milho está na fase final. Segundo Bortolini, preocupa a baixa qualidade do material, por exemplo, em razão da menor quantidade de grãos das espigas. Até agora, o escritório regional da Emater, sediado em Ijuí, registra em torno de 380 pedidos de Proagro, cerca de 98% devido às perdas no milho.

Há poucas solicitações de Proagro para a soja mas, neste caso, em virtude de granizo. Sobre a soja, o mais novo levantamento da Emater regional de Ijuí indica perda média de 15% na oleaginosa, também por causa da estiagem. No momento a cultura está em floração e formação de vagens.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!