Busca rápidaX

Chuvas proporcionam tratamento na soja na região de Ijuí, mas há perdas consolidadas

24 de janeiro de 2020

As chuvas dos últimos dias na região de Ijuí, além de auxiliar na retomada do bom desenvolvimento da soja, proporciona aplicação de herbicidas, fungicidas, dentre outros produtos, como forma preventiva ou para eliminar doenças e pragas.

O agrônomo do escritório municipal da Emater de Ijuí, João Burati, explica que aproximadamente 90% do soja está em floração, com restante em formação de grãos e desenvolvimento vegetativo. Mesmo com o retorno das chuvas, em Ijuí a Emater estima perda de 15 a 20% na soja, visto a estiagem registrada recentemente. O problema está, principalmente, na oleaginosa plantada no período mais do cedo, entre final de outubro e começo de novembro.

Já em relação ao milho da primeira safra em Ijuí, no momento acontece o início da colheita, com rendimento entre 50 e 80 sacas por hectare, muito abaixo do esperado. A silagem de milho, por sua vez, está concluída em lavouras da Colmeia do Trabalho. Em função da falta de chuva o resultado também é ruim, com média de produção de 35 toneladas de silagem por hectare. Ano passado foram entre 55 e 60 toneladas.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!