Busca rápidaX

Com falta de chuva, perda nas lavouras já estão definidas, aponta Emater de Ijuí

2 de janeiro de 2020
Foto: Emater Municipal de Ijuí/divulgação

A falta de chuva na região de Ijuí deve afetar significativamente a agricultura. De acordo com o extensionista da Emater Municipal de Ijuí, Edwin Bernich, a perda nas lavouras já estão definidas, contudo, o tamanho do prejuízo depende, além da chuva, da cultura plantada e da qualidade do solo.

Ainda de acordo com Bernich, em locais onde não choveu nos últimos dias, a situação fica complicada, pois a soja está no período de floração.

Em Ijuí, entre domingo (29) e terça-feira (31), o Escritório Municipal da Emater, registrou 44 milímetros de chuva. Nos últimos 50 dias, o acumulado foi de 130 mm. De acordo com o extensionista, estes dados não demonstram a realidade do município e da região, pois em alguns locais não choveu nada. Ele salienta que a média registrada foi de 2,5 mm por dia, quando a necessidade seria de, no mínimo, 7 milímetros.

Também entre domingo (29) e terça-feira (31), o Instituto Regional de Desenvolvimento Rural (Irder), localizado na Vila Boca da Picada, em Augusto Pestana, registrou apenas 10 mm. Durante o mês de dezembro, o acumulado foi de 41,4 mm. 

Para os próximos dias, de acordo com a Somar Meteorologia, não existe mais previsão de frente fria no Rio Grande do Sul  e a chuva já é bem mais fraca e em áreas próximas a Santa Catarina. Na região de Ijuí não chove mais e os próximos dias devem seguir com tempo firme. 

O extensionista da Emater salienta que, enquanto o sistema de alta pressão permanecer ativo, a seca deve continuar e afetar a agricultura.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!