Busca rápidaX

MANCHETES

Com mais de 160 casos na última semana, continuam registros da Doença Diarreica Aguda em Ijuí

17 de novembro de 2021

Apesar de uma diminuição, os casos da Doença Diarreica Aguda (DDA) continuam sendo registrados em Ijuí. Somente na última semana, 112 pacientes acima de 10 anos procuraram pelos serviços de saúde. Além deles, mais 55 crianças abaixo de nove anos relataram os sintomas. A informação é do coordenador da Vigilância Sanitária de Ijuí, Ortiz Júnior. Diante desse cenário, equipes da Vigilância continuam realizando a coleta de água nas residências das pessoas que relataram sintomas.
Segundo Ortiz, atualmente esse trabalho ocorre no centro e nos bairros Colonial, Tancredo Neves, Alvorada, Getúlio Vargas, Lulu Ilgenfritz, Thomé de Souza, Independência, Penha, São Geraldo, Jardim, São José e Pindorama. O material coletado é enviado ao Laboratório Central do Estado (Lacen). O coordenador da Vigilância Sanitária de Ijuí fez um apelo à população, para que reforcem a higienização em utensílios de cozinha, banheiro e também na higiene pessoal. Ele lembra que antes de utilizar a água é necessário fervê-la por cinco minutos. 

A Doença Diarreica Aguda é marcada por sintomas desagradáveis como náusea, vômito, febre e dor abdominal. Para o Ministério da Saúde, a DDA se caracteriza por uma  síndrome que pode ser causada por bactérias, vírus e parasitas. O contágio ocorre, geralmente, via oral por meio do consumo de alimentos ou água contaminados. A doença pode ser infecciosa ou não infecciosa. Para a saúde pública, a que exige maior atenção é a infecciosa, pois pode ser transmitida. Foi o que aconteceu no estado do Rio Grande do Sul, já que diversos municípios gaúchos relataram casos. O agente causador é o norovírus.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!