Busca rápidaX

Com mais de três mil desalojados, oeste gaúcho voltará a ter chuva volumosa nesta semana

14 de janeiro de 2019

Um Janeiro excessivamente chuvoso é o que se tem visto no Brasil e nos Países vizinhos – Argentina e Uruguai. Na Argentina, são mais de cinco mil pessoas desalojadas e quatro mortes devido as enchentes. No Uruguai, uma morte nas inundações e mais de mil pessoas fora de suas casas.

Já no Brasil, os locais mais atingidos estão no oeste do Rio Grande do Sul, onde os números já passam de três mil pessoas desalojadas e uma morte. Assim como na semana que passou, a chuva não deu trégua no sábado e no domingo, acumulando de 50 a 100 milímetros entre Quaraí e Uruguaiana.

Contudo, de acordo com a MetSul Meteorologia, a semana começa com muita chuva no oeste gaúcho. Podem ser esperados volumes equivalentes de um a dois meses de precipitação em poucos dias. As áreas de Uruguaiana, Barra do Quaraí e Quaraí devem ser as mais sujeitas ao risco de pancadas fortes e com volumes elevados.

A grande responsável por manter o quadro de instabilidade é uma frente semi-estacionária que está por muitos dias sobre o Estado. Esse sistema vai dar uma recuada para o Uruguai nesta primeira metade da semana, o que agravará as inundações no país vizinho, mas manterá a instabilidade no Oeste e no Sul gaúcho.

Entre quarta e quinta-feira, a frente volta a atuar sobre o território gaúcho com risco de muita chuva no oeste e outros pontos do Estado. Uma massa de ar frio muito forte para o verão ingressará no Uruguai e no Sul gaúcho na quinta e vai intensificar a instabilidade aqui no Rio Grande do Sul com altos volumes de chuva.  

Compartilhar
  • 155
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    155
    Shares
Fonte: MetSul Meteorologia

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!