Busca rápidaX

MANCHETES

Com prejuízo de R$ 51 milhões, Bozano decretará emergência em razão da estiagem

7 de janeiro de 2022

O município de Bozano deverá decretar na próxima segunda-feira(10) situação de emergência em função dos efeitos da estiagem. Conforme os dados apurados pela Defesa Civil do município, que tem como responsável, Gilson Bauer, os prejuízos causados pela falta de chuva são superiores a R$ 51 milhões na agricultura e pecuária, além do investimento superior a R$ 50 mil na realização de serviços públicos como ampliação e abertura de poços e também abertura de bebedouros para atender necessidade de agricultores do município. 

Bauer que participou na manhã desta sexta-feira(7) de reunião da Defesa Civil regional ao lado do prefeito em exercício Clóvis Copetti, destacou que o município está com toda a documentação concluída. “Estamos ultimando detalhes na documentação para que tenhamos a garantia de homologação do nosso decreto, a fim de a gestão municipal poder atender os pedidos que chegam diariamente, e principalmente para que o Estado demande recursos para atender às solicitações”, disse. 

Da reunião desta sexta-feira em que Bozano esteve representado, também participaram integrantes de outros municípios da região da Amuplam. No encontro, além das orientações sobre a formatação do decreto de emergência, o primeiro sargento Leandro Oliveira, responsável pela Defesa Civil na região de Santo Ângelo informou que dos 60 municípios que compreendem a região, pelo menos 19 já decretaram situação de emergência em função da estiagem. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Radio Progresso de Ijuí e prefeitura
error: Conteúdo protegido!