Busca rápidaX

MANCHETES

Champs Elysees

Com uso da tecnologia, Anderson de Lazari avalia primeira semana de trabalho

26 de novembro de 2018

O São Luiz completa uma semana de preparação ao campeonato gaúcho de 2019. O preparador físico do rubro, Anderson de Lazari, o Kuki, com o uso da tecnologia, conversou com a reportagem da Rádio Progresso de Ijuí e fez uma avaliação a respeito dos primeiros sete dias de trabalho.

Rádio Progresso de Ijuí: Qual a avaliação da primeira semana de trabalho?

Kuki: Muito positiva. Fechamos a primeira semana de trabalho e até então nenhuma baixa, pegamos um grupo bastante heterogêneo, a gente precisa ter este controle do que se poder e até onde a gente pode chegar, tanto pelos testes e pelos feedback que eles tem nos dado nos trabalhos diários a avaliação tem sido extremamente positiva.

RPI: Os jogadores corresponderam as tuas expectativas?

Kuki: Sim. Todo estão bem dentro do que a gente pensava. Havíamos pensado numa programação até o dia 20 de janeiro e tem alguns trabalhos não iremos precisar fazer. Este grupo aparenta ser um grupo com mais dinâmica e mais capacidade de trabalho e por isso podemos mudar.

RPI: Anderson de Lazari também sobre sobre a tecnologia que está usando com o grupo de jogadores.

Kuki: É o FIRSTBEAT, é um sistma de carga de treino, ele controla a carga interna, o que seria isso? A resposta interna do jogador no que ele está executando no jogo ou no treino. No caso controlamos a frequnecia cardíaca. Quanto mais alta a intensidade do exercício mais alta está nossos batimentos cardíacos. Hoje por exemplo trabalho com bola, queríamos melhorar a potência aeróbica dos atletas, então este caráter de treino precisa ter de 90% a 95% da potência. Este computador ele nos envia os dados por bluetooth, ela nos envia em tempo real e as cores são as zonas alvos de treino. Hoje queríamos treino na zona vermelha e você mesmo presenciou os atletas da zona vermelha baixava para zona azul e os atletas mesmo ficam em volta do computador para ver se atingiram a necessidade do treino ou não então temos o controle quase total do tanto do trabalho quanto dos efeitos que este treinos proporcionou aos atletas quanto a recuperação do atleta quanto está.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!