Busca rápidaX

MANCHETES

Comércio de Panambi, Santo Ângelo e Cruz Alta já atuam com maior amplitude

16 de abril de 2020
Prefeitura de Santo Ângelo. Foto: Fernando Gomes

Alguns municípios da região já permitem, a partir de hoje, a abertura do comércio de uma maneira um pouco mais ampla, a partir do novo decreto do governo estadual. Em Panambi, desde o início da manhã desta quinta-feira, o comércio e prestação de serviços não essenciais podem funcionar mas com presença de até 20% de pessoas no interior dos estabelecimentos, conforme a capacidade máxima permitida no alvará de funcionamento ou no Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndios.

No entanto, precisa ter distanciamento entre as pessoas e as empresas precisam evitar aglomerações. Além disso, os funcionários dos estabelecimentos precisam usar máscaras. Os usuários do transporte público coletivo e transporte individual privado de passageiros em Panambi são obrigados a usar máscaras de proteção. Porém, academias e centros esportivos seguem fechados.

No município de Santo Ângelo, a prefeitura também autorizou o funcionamento do comércio não essencial, que já trabalha desde a manhã de hoje. Em Santo Ângelo não há registros de casos do novo coronavírus, porém existem duas pessoas com suspeita da doença.

O prefeito, Jacques Barbosa, recomenda a higienização constante dos espaços ocupados pelos clientes, o distanciamento de, no mínimo, dois metros entre as pessoas, e a limitação de atendimento ao público de acordo com o previsto no Plano de Prevenção e Combate a Incêndio do estabelecimento, em percentual que evite aglomerações.

A prefeitura de Cruz Alta segue a mesma linha, e desde hoje pela manhã permite o trabalho de estabelecimentos e centros comerciais e de prestação de serviços não essenciais. No entanto, as empresas precisam realizar atendimento individualizado ou observar o limite de 30% da capacidade máxima de lotação prevista no alvará de funcionamento ou PPCI.

Além disso, os estabelecimentos cruzaltenses têm que permanecer durante o funcionamento de portas fechadas, com controle de acesso, agendamento prévio, distribuição de senhas ou sistema assemelhado, a fim de evitar aglomeração e formação de filas. Funcionários também precisam usar máscaras.

Em Três Passos, hoje pela manhã a prefeitura organizou novo decreto que flexibiliza o funcionamento dos estabelecimentos comerciais, de serviço e indústrias, durante o período de calamidade pública. No município de Santa Rosa, existe flexibilização do comércio desde a última segunda-feira.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!