Busca rápidaX

MANCHETES

Comércio parcial e restrição de circulação de pessoas: as medidas de municípios da região contra o coronavírus

23 de março de 2020

Municípios da região editam novos decretos ou atualizam regras já implantadas como forma de evitar aglomeração de pessoas e outros cuidados em razão do coronavírus. Em Jóia, por exemplo, sábado o prefeito, Adriano Marangon de Lima, assinou novo decreto que proíbe o funcionamento da maioria do comércio, mas mantém os serviços essenciais.

Porém, na área de alimentação as pessoas não podem fazer o consumo nos estabelecimentos, apenas retirar nos locais ou pedir por tele-entrega. Além disso, as empresas liberadas para atuar em Jóia podem funcionar apenas das 9 horas às 11 e 30 e das 13 e 30 às 16 horas.

Já em São Luiz Gonzaga, está proibida a circulação de pessoas a partir dos 60 anos. A Polícia poderá agir se flagrar essas pessoas em vias públicas. Em Panambi, a prefeitura está fechada para atendimento presencial.

Apenas recebem a população os ambulatórios, Pronto Socorro e demais setores que prestam serviços essenciais. Eventos culturais e esportivos, além de celebrações religiosas, estão suspensos em Panambi, mesma situação nos demais municípios.

No município de Condor, ficam reduzidos a 20% da capacidade máxima prevista no alvará de funcionamento as atividades não essenciais, por exemplo, lojas, comércio de bebidas, restaurantes e agências bancárias, com exceção de farmácias, clínicas de atendimento na área da saúde e supermercados.

Já em Cruz Alta, a prefeitura decretou calamidade pública para tentar evitar o coronavírus. Exceto nas áreas de saúde e assistência social, todos os demais atendimentos presenciais na prefeitura de Cruz Alta estão suspensos.

Em Santo Ângelo, hoje a prefeitura vai encaminhar projeto à Câmara de Vereadores para proibir a abertura de estabelecimentos comerciais não essenciais. Além disso, a Viação Tiaraju, concessionária de transporte coletivo de Santo Ângelo, vai manter ônibus em circulação apenas das 6 às 9 horas, ainda das 11 às 14, e das 17 às 19 horas.

No município de Santa Rosa, na última sexta-feira a Câmara de Vereadores aprovou a contratação emergencial de três médicos para ajudar a rede pública de saúde no combate ao coronavírus. Além disso, de hoje até 17 de maio, a prefeitura de Santa Rosa vai atender em turno único, das 8 às 14 horas.

E as aulas também estão suspensas em todas as redes de ensino do Rio Grande do Sul, pelo menos até o final deste mês.

Augusto Pestana

A prefeitura de Augusto Pestana é a mais recente da região a divulgar novo decreto contra o coronavírus. De hoje, pelo prazo de 10 dias, as empresas que prestam serviços considerados não essenciais não poderão abrir ao público.

Porém, existe possibilidade de serviços internos ou no domicílio dos clientes, além de tele entrega. Já os serviços essenciais podem funcionar, ou seja, clínicas de saúde, supermercados, padarias, bancos e postos de combustíveis. No caso de supermercados e minimercados, das 8 às 9 horas e das 13 e 30 às 14 e 30, deverão ser atendidas apenas pessoas com 60 anos ou mais.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!