Busca rápidaX

MANCHETES

Consumidor do Demei poderá ter aumento substancial na tarifa de luz

4 de maio de 2017
Governo Federal ficará com a maior parte do reajuste
O Departamento Municipal de Energia de Ijuí promoveu, ontem à noite, audiência pública para revisão tarifária. Conforme o diretor-presidente do Demei, Rubem Herter, cinco integrantes da Aneel estiveram no encontro. O reajuste da energia que começa a valer a partir de julho no município deve ficar na média em 20%. Destacou que pode haver mudança pequena no índice devido à inflação programada até o sétimo mês do ano.

Herter frisou que deste total, o percentual da autarquia fica em 5,37%. O restante será revertido para a União.O alto índice total de acréscimo na conta de energia diz respeito a dois fatores, conforme o diretor do Demei. O primeiro se refere ao desconto dado pelo então governo federal antes das últimas eleições presidenciais. Neste caso o governo ficou em pendência com as usinas de 62 bilhões de reais, que agora vão ser pagos pelo consumidor. O outro ponto da conta é a escassez de recursos hídricos, principalmente em 2015, quando houve a necessidade de utilização maior das termelétricas. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!