Busca rápidaX

MANCHETES

Coordenador de Trânsito avalia como condutores devem reagir as mudanças nas regras de trânsito em Ijuí

14 de abril de 2021
Foto: Tamires Hanke/RPI

Desde ontem está em vigor a nova lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro que traz mudanças para o Código de Trânsito Brasileiro. As alterações afetam o sistema de pontuação para suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), a conversão de prisão em medidas alternativas, a renovação da CNH, os exames de aptidão física e o uso das cadeirinhas para crianças.

O agente de trânsito e titular da coordenadoria de trânsito de Ijuí, Roberto Oliveira, avaliou, em entrevista a RPI, a repercussão dessas medidas no trânsito de Ijuí. Segundo ele, independentemente das mudanças, o que deve prevalecer é a educação de cada condutor. “Posso falar enquanto fiscal, ciclista e coordenador.

Fala-se muito em regras mais rígidas ou mais brandas, mas é a educação no trânsito que deve valer sempre”. Além disso, segundo Roberto, os motoristas estão muitos preocupados em não obter multas no volante, no entanto, essa preocupação deve ser em primeiro lugar, com a segurança.

Entre as principais alterações, a nova legislação muda a regra dos 20 pontos que determinava a suspensão da CNH. Os limites agora são para 40, 30 ou 20 pontos, dependendo do histórico de infrações gravíssimas, como dirigir sob influência de álcool, ou sem carteira, com a carteira vencida ou suspensa.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!