Busca rápidaX

Coordenadoria de Educação de Ijuí decidirá nesta terça-feira sobre retomada de aulas presenciais

19 de outubro de 2020

Em razão da pandemia da Covid, a prefeitura de São Luiz Gonzaga publicou, hoje, decreto que suspende as aulas presenciais na grande maioria das escolas públicas e privadas até o dia 31 deste mês. Só podem funcionar os educandários que tiveram aprovação do Plano de Contingência.

Da mesma forma, o Executivo de Santo Ângelo determinou a suspensão do retorno às aulas presenciais na rede pública. Já a retomada na rede de ensino privada precisa observar o decreto estadual publicado mês passado.

E pelo cronograma do governo estadual, a partir de amanhã podem ser retomadas aulas presenciais para os ensinos médio e técnico em escolas estaduais. No entanto, na área da Coordenadoria Regional de Educação, com sede em Ijuí, nesta terça-feira é que haverá decisão sobre retorno ou não das atividades escolares nos educandários de abrangência. Portanto, amanhã não haverá aulas presenciais na região.

A previsão é de que os anos finais do Ensino Fundamental possam retornar a partir do dia 28 de outubro, e os anos iniciais, a partir de 12 de novembro, também nas escolas estaduais.

Para garantir a segurança de alunos, professores e funcionários a partir desta terça-feira, rígidos protocolos foram definidos pelas secretarias da Educação e da Saúde e deverão ser seguidos por todos.

A prioridade no retorno presencial será para alunos com dificuldade de aprendizado ou de acesso ao conteúdo oferecido pela plataforma Google Sala de Aula. O ensino, portanto, seguirá híbrido no RS, por meio do ensino remoto. O governo do Estado ressalta que não há obrigatoriedade de retorno para os estudantes.

Além disso, as atividades presenciais só poderão ocorrer em regiões Covid que estejam em bandeira amarela ou há pelo menos duas semanas em bandeira laranja. Nas regiões com maior risco, bandeira vermelha ou preta, o retorno está vedado.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!