Busca rápidaX

MANCHETES

Coronavírus assusta, mas situação com a dengue também preocupa Ijuí e região

16 de março de 2020

Em meio ao surto do novo coronavírus, que vem causando pânico mundial, existe outro vírus, esse já velho amigo dos brasileiros, que merece atenção: a dengue. No ano passado, 1,5 milhão de pessoas foram infectadas no Brasil, causando 754 mortes. Aqui no Rio Grande do Sul, somente neste ano, já existem 237 pessoas com dengue. Enquanto o coronavírus tem um índice de 2% de letalidade (mortes), a dengue tem 4%, o dobro. Os sintomas são parecidos, mas a dengue, entre outros sinais, causa febre, secreção e tosse.

O coordenador de Vigilância Ambiental de Ijuí, Rinaldo Pezetta, lembra da importância da comunidade ficar atenta ao assunto. Até o momento são 61 suspeitos aguardando resultado de laboratório, e nove casos confirmados.

Para atuar no combate a proliferação do mosquito, a Vigilância Ambiental dispõe de 36 agentes, desses, cerca de 24 atuam diretamente no trabalho a campo, através de visitas feitas bimestralmente. As visitas consistem em identificar, eliminar e tratar focos e criadouros, e principalmente, orientando a população. Todos os integrantes da vigilância ambiental são servidores concursados, treinados e capacitados para atuar na área.

Além disso, a Coordenadoria dispõe de duas caminhonetes S10, duas kombis, um caminhão e um veículo celta para recolhimento de criadouros, usados para coletar materiais que acumulem água. Além disso, existe o ecoponto de pneus inservíveis, onde são depositados atualmente um volume de aproximadamente 20 mil kg por mês.

Outra ação lembrada pelo coordenador é o programa de palestras educacionais em estabelecimentos de ensino, empresas ou qualquer outro departamento que solicitar a presença da equipe.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!