Busca rápidaX

Coronavírus muda estratégias de igrejas em Ijuí sobre celebrações da Semana Santa

9 de abril de 2020

Os reflexos do coronavírus não são apenas nas áreas econômica ou social, mas também no aspecto religioso. Os decretos do poder público proíbem ou permitem parcialmente o acesso de fiéis nas igrejas.

Em Ijuí, está em vigência até domingo, dia de Páscoa, a possibilidade de que as celebrações recebam até 30 pessoas ou, no máximo, 50% da capacidade do templo. No entanto, as paróquias católicas de Ijuí informaram para a reportagem da Progresso que seguem as determinações da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil de realizar celebrações sem a presença de público, portanto, não adotam o decreto da prefeitura.

O padre Magnus Camargo, pároco da paróquia Nossa Senhora da Natividade de Ijuí, ressalta que fica muito difícil selecionar apenas 30 pessoas para entrar na igreja, pois ficaria semelhante a uma espécie de privilégio para alguns em detrimento da maioria.

Essa é a mesma ideia das paróquias São Geraldo, Cristo Rei e Sagrado Coração de Jesus de Ijuí. Diante disso, as igrejas realizam as celebrações, mas especialmente com transmissões via redes sociais, por exemplo, pelo facebook.

E essa medida vai ser adotada nesta Semana Santa. Hoje à noite, além da via sacra de amanhã, tradicional da Sexta-Feira Santa, ainda celebrações de sábado e do domingo de Páscoa, serão transmitidas, especialmente, por redes sociais.

Com isso, os fiéis também terão que se adaptar a este momento diferenciado na Semana Santa deste ano. A Rádio Progresso vai transmitir a via sacra de Igreja São Geraldo, que vai ocorrer amanhã, às 9 horas. Já domingo, a RPI vai transmitir a missa de Páscoa, a partir das 8 e 30, também da paróquia São Geraldo.

Da mesma forma, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Ijuí optou por realizar celebrações sem presença de público e apenas com transmissão via facebook. Segundo o pastor, Isaías da Silva, isso vale para todas as 22 igrejas filiadas da congregação em Ijuí.

A Primeira Igreja Batista de Ijuí segue a mesma linha, ou seja, com celebrações apenas pelo facebook e YouTube. O pastor, Ricardo Lebedenco, frisa que permitir o acesso de apenas 30 pessoas no templo não é viável, pois seria necessário realizar várias celebrações com esse número de fiéis para abranger todos. Além disso, poderia ocorrer aglomeração de pessoas do lado de fora da igreja, o que vai contra as orientações do momento de evitar que as pessoas fiquem muito próximas em razão do coronavírus.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!