Busca rápidaX

Corpo é encontrado preso a galhos no interior de Barros Cassal

9 de julho de 2020

Por volta das 8 horas de hoje (8), um morador de Rodeio Bonito, interior de Barros Cassal, foi ver se um Chevette que havia sido abandonado no Arroio Marcelino ainda estava no local, quando avistou algo que lhe pareceu um manequim. Ao se aproximar percebeu que se tratava de um corpo de mulher em estado de decomposição, com várias tatuagens. O corpo estava preso em galhos.

Nesta tarde, a Polícia Civil e Perícia estiveram no local e constaram que se trata de Aparecida Janes Fernandes, conhecida por Ângela, 39 anos, que estava desaparecida desde o dia 10 de junho. Ela morava em Barros Cassal com um filho de 5 anos. Sabe-se também que tinha um filho que morava em Soledade, o qual registrou o desaparecimento da mesma. Ela estava com uma medida protetiva.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Portal Plural