Busca rápidaX

MANCHETES

Cpers busca negociações que amenizem as perdas causadas pela recente aprovação da PEC 285

29 de janeiro de 2020
Foto: Caco Argemi / Cpers Sindicato

Em entrevista à RPI nesta manhã, a diretora do 31º núcleo do Cpers, com sede em Ijuí, Terezinha Mello, avaliou a posição do governo durante assembleia extraordinária realizada ontem (258), que aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 285, que mexe em vantagens dos servidores e no regime previdenciário.
Terezinha afirma que representantes da categoria estão reunidos na capital gaúcha desde o último domingo, acompanhando de perto e buscando negociações junto a Assembleia Legislativa.

Segundo o Cpers regional, o que a classe busca agora é amenizar as perdas causadas pela aprovação da PEC. Terezinha Mello comenta que as emendas que integram projetos do magistério ainda não foram votadas, e provavelmente a votação deve ficar para amanhã.


Porém, segundo ela, o objetivo do Cpers como um todo é negociar, mesmo na exaustão, para amenizar os estragos na carreira do magistério. “Esse é o papel do sindicato, sentar e conversar, buscar negociação seja com quem for, e é isso que estamos fazendo, cada voto que conseguimos reverter é importante” afirma a diretora do 31º núcleo. Ela avalia que o futuro da classe ainda não está totalmente definido, e aguarda as próximas horas para uma conclusão que seja benéfica à categoria.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!