Busca rápidaX

Cpers comemora aprovação da PEC do Fundeb mas segue na busca por outros direitos

30 de julho de 2020
Foto: Caco Argemi / Cpers Sindicato

A Câmara dos Deputados aprovou na última semana, em dois turnos, o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição que torna o Fundeb, principal fundo de recursos para a educação básica, passando a complementação dos atuais 10% para 23%.
O resultado é considerado uma derrota do governo e uma vitória para o setor educacional, já que garante ampliação no financiamento para a manutenção do ensino e valorização dos professores.

A diretora do 31º Núcleo do Cpers, com sede em Ijuí, Terezinha Mello, disse que a classe educacional comemora a conquista obtida até aqui, já que, com a aprovação da PEC, o Fundeb valoriza o pagamento não somente dos professores mas dos funcionários de escola, o que vinha sendo reivindicando pela categoria desde 2015.
O Cpers se mobiliza neste momento para acompanhar a votação no Senado, e torce para que a PEC seja aprovada sem alterações.

Porém, segundo Terezinha Mello, o Sindicato segue buscando outras reivindicações, desde o governo Sartori. Ela cita que já são 55 meses de salários atrasados e parcelados, sem reajuste de inflação. “Continuamos buscando nossos direitos no governo de Eduardo Leite que apenas deu sequência ao que vinha sendo feito pelo governador Sartori”, finaliza.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

error: Conteúdo protegido!