Busca rápidaX

Cpers regional de Ijuí alega que é preciso pena para Estado em caso de descumprimento de liminar sobre salários

6 de setembro de 2016
Em julgamento realizado ontem, o pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul manteve a liminar que obriga o governo Sartori pagar integralmente os salários dos professores e funcionários das escolas estaduais. A ação é resultado de mandado de segurança movido pelo Cpers/Sindicato.

A diretora do 31º núcleo regional do Cpers/Sindicato, com sede em Ijuí, Terezinha Melo, frisa que o governo estadual descumpre a liminar que já existia, pois a Justiça não estipula nenhuma sanção em caso de desobediência. Diante disso, os vencimentos dos professores e servidores de escolas seguem de forma parcelada. Do salário de agosto, até ontem o Estado tinha quitado mil e 400 reais.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os comentários estão desativados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!