Busca rápidaX

CRE e Cpers regional de Ijuí esperam para a próxima segunda-feira maior movimento da greve do magistério

7 de setembro de 2017

Estudantes e comunidade devem sentir, com maior intensidade, repercussão do início da greve do magistério estadual na próxima segunda-feira. Isso ocorre porque mesmo com a deflagração da paralisação que ocorreu terça-feira, hoje é feriado e amanhã muitos educandários devem estender o feriadão.

No final da tarde de ontem a 36ª Coordenadoria Regional de Educação, com sede em Ijuí, informou que levantamento apontou que a partir de segunda-feira que vem existe tendência de greve parcial em algumas escolas ijuienses, por exemplo, Ruizinho, Centenário, Penha e Ruizão, além de educandários da região.

O 31º núcleo regional do Cpers, também sediado em Ijuí, da mesma forma entende que a maior mobilização pela greve vai começar na próxima segunda-feira. Porém, a diretora, Terezinha Melo, acredita que grande adesão de escolas, cuja iniciativa já iniciou ontem, por exemplo, em educandários de Condor, Bozano, Jóia e Ajuricaba.

O Cpers/Sindicato decidiu por nova greve após mais um parcelamento salarial do governo gaúcho. Terezinha Melo frisou que com os 350 reais da primeira parcela do salário de agosto que foi paga recentemente, muitos funcionários estaduais conseguem apenas pagar os juros dos empréstimos bancários que obtiveram, visto os atrasos salariais. Outros não têm dinheiro para abastecer combustível nos veículos a fim de se deslocar até o trabalho.

 
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!