Busca rápidaX

Crimes contra a vida no Estado caem mais de 25% nos últimos 9 meses

11 de outubro de 2019
Vice-governador Ranolfo Vieira (em pé) apresentou os índices em Porto Alegre

O Governo do Estado divulgou nesta quinta-feira (10), em Porto Alegre, os índices de criminalidade do Rio Grande do Sul. Os dados foram apresentados em reunião mensal com os órgãos de segurança pública. Os crimes contra a vida tiveram quedas expressivas, segundo as informações divulgadas pelo vice-governador e secretário de segurança pública, Ranolfo Vieira Júnior. No acumulado do ano, entre janeiro e setembro, o número de latrocínios (roubo com morte) teve queda de 27,1% em relação ao ano passado. Neste ano foram 51, contra 70 de 2018 e 101 de 2017. O resultado é o mais positivo da década. Desde 2002, apenas em 2009, houve registro mais baixo, com 45 casos. O número de homicídios também caiu no Estado: 25,1%. Nos primeiros 9 meses do ano, foram 1.367 casos, contra 1.825 do mesmo período em 2018. É o menor número desde 2011.

Nos municípios priorizados pelo programa RS Seguro do Governo Leite, a queda foi ainda mais abrangente até setembro deste ano: 33,8%. Das 458 casos de homicídios, 406 mortes a menos foram registradas nas 18 cidades gaúchas priorizadas, equivalente a 8 a cada 10 vidas preservadas, segundo o Executivo estadual. O total de vítimas nesse foco territorial foi de 796 até setembro deste ano, contra 1.202 do ano passado. Os 18 municípios priorizados pelo RS Seguro são: Cachoeirinha, Alvorada, Canoas, Esteio, Guaíba, Gravataí, Viamão, Sapucaia do Sul, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Porto Alegre, Caxias do Sul, Capão da Canoa, Tramandaí, Passo Fundo, Pelotas, Rio Grande e Santa Maria.

Os indicadores de violência contra a mulher também foram reduzidos no Rio Grande do Sul. Os casos de feminicídios caíram 14,1% entre janeiro e setembro de 2019. Foram 73 casos no Estado neste ano, contra 85 em 2018. As tentativas de feminicídio no mesmo período caíram 10,5%. São 246 casos até setembro de 2019, no ano passado o índice era de 275. A maior queda está nos casos de estupros: 15,3%, com 1.172 ocorrências neste ano contra 1.384 em 2018. Em relação aos números para o mês de setembro, as quedas em casos de feminicídios e tentativas de feminicídios foram superiores a 40%, segundo o Governo do Estado. Feminicídios caíram de 12 para 7, redução de 41,7% e tentativas de feminicídios recuaram de 26 para 14, menos 46,2%.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí/Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!