Busca rápidaX

Crise na Saude: Atraso milionário em repasses prejudica atendimentos nos municípios

8 de novembro de 2018

   A FAMURS – (Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul) divulgou, nesta semana, dados referentes a dívidas do Governo do Estado com Municípios no que concerne a área de Saúde. Segundo as informações da entidade, hoje, esses valores ultrapassam R$500 milhões, que deveriam ser aplicados nas UPAs, nas ambulâncias do Samu e na Farmácia Básica: serviços que para a FAMURS seguem em operação graças ao esforço de prefeitos, que retiram investimentos de outras áreas para suprir o rombo da saúde.

  – O Município de Ijuí, busca através da justiça, o pagamento de mais de R$ 3 milhões junto ao Governo do Estado, referente a serviços prestados ainda no ano de 2014.

  – Panambi enfrenta um atraso nos repasses de mais de R$ 3 milhões e em Santo Ângelo, este número supera os R$6 milhões de Reais.

   O Superintendente da FAMURS Gustavo de Souza, disse, em Entrevista as Programa Rádio Ligado da Rádio Progresso que o problema é muito complexo e está sendo discutido desde 2013. Para a FAMURS este assunto deverá ser tratado de forma emergencial por parte do governo Eduardo Leite(PSDB), que inicia em Janeiro. 

 Gustavo de Souza explicou ainda que, o Governador Sartori(MDB) se comprometeu com o pagamento de R$40 milhões dos atrasos com os municípios, porém pagou apenas 50% deste valor. Enquanto isso, segundo o superintendente da FAMURS, os municípios se utilizam de recursos de outras pastas para suprir a carência na saúde pública, o que poderá acarretar problemas futuros, junto ao Tribunal de Contas do Estado.

Compartilhar
  • 19
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    19
    Shares
Fonte: Radio Progresso AM 690

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!