Busca rápidaX

Champs Elysees

Crise na Saúde: Federação dos Hospitais prevê colapso no atendimento hospitalar no Rio Grande do Sul

4 de dezembro de 2018

O presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Estado do Rio Grande do Sul, André Lagemann, repercutiu, em entrevista a Rádio Progresso o atraso no repasse de recursos para área de saúde para municípios e hospitais filantrópicos. O governo do Estado não realiza os pagamentos desde agosto deste ano, causando a interrupção de serviços em diversas cidades.

Segundo ele, são R$210milhões do tesouro direto do estado, que contemplam programas especiais e incentivos aos hospitais, e mais, R$131milhões em repasses do IPE saúde.

Conforme André Lagemann, não há nada diferente que se possa esperar que não seja o anúncio do pagamento desses meses em atraso, que são agosto, setembro e outubro, para que as casas de saúde não entrem em colapso definitivo e a população fique sem atendimento. 

Essas entidades, conforme o presidente, atendem 80% ou mais em muitas situações ao Sistema Único de Saúde. Portanto, esses recursos são absolutamente imprescindíveis para esses hospitais. Não há outra alternativa.

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!