Busca rápidaX

MANCHETES

Crise pode derrubar PIB de Ijuí a patamares de 2017

25 de maio de 2020
Condição do tempo no início da manhã desta segunda-feira, 04, em Ijuí

 Um estudo realizado pelo professor de Economia da Unijuí, Argemiro Brum, prevê um “tombo” no PIB de Ijuí em 2020, relacionado à pandemia do novo Coronavírus, aliada à seca que derrubou a produção de grãos. Segundo ele, em Ijuí as perdas na safra de verão devem girar entre 60% e 80%, conforme dados da Emater. Com isso, a renda cai significativamente, mesmo que os preços da soja estejam elevados. E o cenário atinge o PIB.

O levantamento feito pelo economista tem base no PIB de Ijuí em 2019, quando a soma de todas as riquezas produzidas pelo município atingiu R$ 3,7 bilhões – o valor ainda é provisório – e em análises dos últimos três anos, nas quais se observa crescimento de 7% ao ano, em média. Agora, segundo Argemiro Brum, existe uma possibilidade concreta de termos não esse crescimento, mas um tombo de 5% a 10% no PIB, com possibilidade de queda ainda maior. Ele explicou que, em sendo 5% de tombo, o PIB de Ijuí cai para R$ 3,4 bilhões. Se for de 10%, cairá para R$ 3,3 bilhões.

 As perdas farão o município de Ijuí regredir economicamente a níveis de 2017, ou seja, em termos de PIB serão perdidos três anos. Durante entrevista à Rádio Progresso, Argemiro Brum destacou que os números apresentados são resultados previstos, porém provisórios, e que precisam ser confirmados até o final do ano. O certo, fala o economista, é que a pandemia do novo Coronavírus derrubou a economia mundial, crise agravada na nossa região pela seca durante a principal cultura de verão.

 Brum acredita que o Governo Federal tem a responsabilidade de estimular a economia no Brasil. Em uma curta avaliação sobre os programas nesse sentido até agora, Argemiro Brum disse que o País demorou muito para se alertar e quando resolveu atuar, o fez de maneira desorganizada.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!