Busca rápidaX

MANCHETES

Cruz Alta inicia atividades de monitoramento da situação vacinal de febre amarela

18 de setembro de 2021

Equipes da Secretaria de Saúde estão mobilizadas para realizar a busca ativa de pessoas que não estão imunizadas com a vacina da febre amarela em Cruz Alta.

As atividades, segundo a Enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Joice Miron Grenzel, estão concentradas na área rural onde reside a população de maior risco para a doença. Nestas áreas, agentes comunitários de saúde e os vacinadores devidamente identificados em veículo da Vigilância em Saúde, estão fazendo as visitas para verificar a situação vacinal e já administrar a dose da vacina se for necessário.

Em relação as pessoas que residem na área urbana de Cruz Alta não vacinadas, elas devem procurar a sala de vacinação do Centro de Saúde da Mulher e da Criança, das 8h às 11h30min e da 13h30min às 17h para receber a dose. O monitoramento objetiva atingir o índice de 90% da população.

Esquema vacinal contra febre amarela:
– Crianças com 9 meses de vida: uma dose
– Crianças com 4 anos de idade: dose de reforço
– Crianças com 5 anos ou mais de idade, pessoas não vacinadas ou sem comprovação de vacinação: uma dose

Quem fez a imunização contra a COVID-19, deve respeitar 14 dias de intervalo, sendo contraindicada a vacinação simultânea.

A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pela picada de um mosquito infectado. Não há transmissão direta de pessoa a pessoa. Seus sintomas iniciais são febre com calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores musculares, vômitos e fraqueza. A doença é considerada uma arbovirose, assim como a dengue, zika e chikungunya.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Assessoria de imprensa
error: Conteúdo protegido!