Busca rápidaX

MANCHETES

Defesa Civil avalia se decretará situação de emergência em cidades atingidas por temporal

25 de agosto de 2018

 

Desde o início da manhã deste sábado (25), equipes da Defesa Civil e prefeituras trabalham para contabilizar os estragos nas cidades atingidas pelo temporal da sexta-feira (24) e avaliam se irão decretar situação de emergência em alguma região. O granizo e as rajadas de vento que atingiram o Rio Grande do Sul destelharam dezenas de casas e derrubaram árvores principalmente na metade norte do Estado.

De acordo com a Defesa Civil de Frederico Westphalen, no município de Coronel Bicaco, no Noroeste, pelo menos 50 residências sofreram danos causados pelo granizo. Ainda na noite de sexta-feira (24), lonas começaram a ser distribuídas para recuperar a cobertura das residências, e o trabalho de auxílio aos moradores continua neste sábado.

Os municípios de São José das Missões, São Pedro das Missões, Novo Barreiro e Campo Novo, no Norte, também contam com equipes que trabalham desde as primeiras horas do dia para contabilizar os estragos e auxiliar a população.

Já em Erechim, pelo menos 20 casas foram destelhadas e 40 árvores caíram com a força do temporal. Entretanto, segundo o Major Ricardo Mattei, da Defesa Civil Regional, os danos não chegam a ultrapassar a capacidade de resposta do município _ ou seja, a cidade não deve decretar estado de emergência.

Equipes da Defesa Civil também trabalham nos municípios de Bento Gonçalves e Cotiporã para reverter os danos causados em estradas da região.

Compartilhar
  • 17
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    17
    Shares
Fonte: BM
error: Conteúdo protegido!