Busca rápidaX

MANCHETES

Definido quantitativo de vacinas contra a Covid para a região de Ijuí em nova remessa

22 de abril de 2021

O Rio Grande do Sul vai receber, no início da manhã desta sexta-feira, 23, mais uma remessa de vacinas contra a Covid, através de repasse do governo federal. Serão 192.750 doses da AstraZeneca e 50,2 mil doses da Coronavac. Ainda amanhã o Estado vai distribuir os medicamentos para as regiões. A Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Ijuí, vai ganhar 1.080 doses da Coronavac e 3.990 da AstraZeneca. Já a Coordenadoria de Saúde de Santo Ângelo vai ter direito a 1.350 ampolas da Coronavac e 4.915 da AstraZenaca; Coordenadoria de Cruz Alta, 630 da Coronavac e 2.575 da AstraZeneca; e região de Santa Rosa, 1.170 da Coronavac e 4.075 da AstraZeneca. A região de Frederico Westphalen, por sua vez, vai receber 1.040 doses da Coronavac e 3.165 da AstraZeneca; e a região de Palmeira das Missões, 730 da Coronavac, além de 2.650 da AstraZeneca.

O medicamento Coronavac vai servir para segunda dose de imunização. Quanto à AstraZeneca, parte vai ser para segunda dose e o restante para a primeira etapa de vacinação contra a Covid. Por volta do meio-dia desta sexta-feira um avião vai pousar no aeroporto de Santo Ângelo com os medicamentos para as regiões de Santo Ângelo, Ijuí, Cruz Alta e Santa Rosa. Pouca antes, a mesma aeronave vai aterrissar em Palmeira das Missões, com doses para as Coordenadorias de Saúde de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen. A Coordenadoria de Saúde de Ijuí vai começar o repasse das vacinas anti-Covid, para os 20 municípios de abrangência, as 15 horas de hoje.

As 242,9 mil vacinas que chegam ao Estado nesta sexta-feira serão destinadas a:

50,2 mil Coronavac

– Atender até 86% da segunda dose das pessoas que receberam a primeira aplicação na remessa que chegou ao Estado em 20 de março (somando com as doses que já estavam reservadas para este fim, ficam faltando, ainda, 40 mil doses para atender a integralidade desse público).

192.750 AstraZeneca

– Atender 100% da segunda dose das pessoas que receberam a primeira aplicação na remessa que chegou ao Estado em 24 de janeiro;

– Completar 100% da primeira dose de idosos de 62 anos;

– Ampliar a vacinação de idosos de 61 anos, atingindo 92% desse grupo;

– Repassar doses extras para vacinação de idosos de 65 anos ou mais que ainda não foram vacinados.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso
error: Conteúdo protegido!