Busca rápidaX

Champs Elysees

Delegado discorda de decisão que reenquadra indiciamento de homem sobre morte de policial em Cruz Alta

19 de setembro de 2018

O delegado de Polícia Civil, Josuel Muniz, em contato com a reportagem da Rádio Progresso, discordou, de forma veemente, do reenquadramento feito pelo Ministério Público do crime cometido por Leomar Rempel, 34 anos.

Em agosto de 2017, Rempel fugiu após roubar um carro em Santo Ângelo. Quando ia ser abordado em frente ao posto da Polícia Rodoviária Estadual de Cruz Alta, na ERS 342, teria jogado o carro contra um policial rodoviário e efetuado disparos de arma de fogo.

Como apontou a perícia, esses delitos não causaram a morte de Náurio Adão Garcia Vianna, e sim o chamado fogo amigo. O delegado, ao remeter o inquérito à Justiça, disse que Leomar Rempel cometeu tentativa de homicídio, porém o Ministério Público, seguindo jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, reenquadrou para resistência, onde a pena é muito menor. Josuel disse que infelizmente a vida de um policial parece não valer nada perante a lei.

Compartilhar
  • 29
  •  
  •  
  •  
  •  
    29
    Shares
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!