Busca rápidaX

Delegado e comissário da Polícia Civil são presos

21 de fevereiro de 2017

Um delegado e um comissário aposentado da Polícia Civil foram presos na manhã desta terça-feira (21) em uma ação contra crimes de lavagem de dinheiro, violação de sigilo funcional e organização criminosa. A operação Financiador foi deflagrada em conjunto entre o Ministério Público e a Polícia Civil.

A operação “Financiador” apura crimes de lavagem de dinheiro, violação de sigilo funcional e organização criminosa. Conforme a investigação, os suspeitos utilizavam contas correntes de terceiros e de empresas de fachada para financiar grupos criminosos que praticavam roubo de cargas, receptação e estelionato. O Ministério Público confirmou que os investigados, em contrapartida, recebiam parte dos lucros da atividade.

O delegado Omar Abud e o comissário aposentado Luis Armindo de Mello Gonçalves financiavam quadrilhas que praticavam crimes de roubos de carga, receptação e estelionato, de acordo com a investigação. O financiamento era feito por meio de conta corrente de terceiros e empresas de fachada.

Em contrapartida, os dois recebiam parte dos lucros obtidos com os crimes. A polícia já apurou a lavagem de R$ 1,1 milhão.

Foram apreendidos quatro veículos de luxo e apartamentos em Porto Alegre, Capão da Canoa e Xangri-Lá. O objetivo, segundo o chefe da Polícia Civil, Emerson Wendt, é ressarcir os cofres públicos ao fim da investigação.

*Na foto, delegado Omar Abud.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!