Busca rápidaX

Demanda na Farmácia Municipal aumentou 60%, segundo coordenadora

10 de maio de 2022

A Farmácia Municipal de Ijuí tem registrado aumento expressivo no número de atendimentos, especialmente depois da flexibilização das atividades, restritas em razão da pandemia de covid-19, como o retorno das aulas presenciais. A farmacêutica coordenadora Aline Schneider disse que de 2021 para 2022 o aumento foi de cerca de 60%, mas a crescente já vinha sendo registrada desde 2020, quando aumentou a procura em cerca de 40%.

Em entrevista à Rádio Progresso, Aline explicou que os espaços destinados às farmácias não eram próprios para a finalidade e que algumas mudanças estão sendo promovidas pela administração, como locais de atendimento. “Aquilo que não está de acordo, não será mantido. Estamos fazendo investimentos que devem repercutir na qualidade do serviço prestado. Não é possível manter uma logística eficiente, sem um processo estruturado. E estamos fazendo isso da maneira mais pública e transparente possível”.

De acordo com a farmacêutica, alguns problemas pontuais relatados pela comunidade, como medicamentos em falta, se devem para além do aumento na demanda, à falta de local apropriado para um depósito mais amplo. “Não podemos armazenar medicamentos em qualquer espaço, nem ter um estoque expressivo em local inapropriado e insuficiente. Por isso estamos reformando a central de dispensação e providenciando um depósito adequado para trabalhar pontualmente estas questões”, disse. 

A pandemia pode ter sido um fator preponderante para o aumento na demanda, registrado na farmácia municipal. “Muitas pessoas, forçadamente, deixaram seus empregos, enfrentaram dificuldades e precisaram de apoio do município. Por outro lado, o retorno das atividades, como as aulas presenciais, contribuíram para o adoecimento de adultos e crianças, consequentemente aumentou a procura por medicamentos”, disse. 

Os medicamentos para síndromes gripais e respiratórias, alergias e condições crônicas figuram entre as principais patologias para as quais aumentou a demanda por remédios. “Além disso, aumentamos a possibilidade de acesso, então as pessoas têm mais meios para chegar até a farmácia municipal e acessar o medicamento”, disse a farmacêutica. 

A ampliação no acesso aos medicamentos se deve, também, à criação das farmácias distritais que, segundo a coordenadora, atendem de forma ininterrupta, com farmacêutico habilitado para a função.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!