Busca rápidaX

Demasi quer mais agilidade da Corsan na reposição da pavimentação

26 de junho de 2018

A realização de um mutirão para acelerar o processo de reposição de pavimentação, nos locais onde houve intervenção da Companhia Rio-Grandense de Saneamento (Corsan), dentro do plano de investimentos em saneamento básico que vem sendo feito em Ijuí, e de encontros mensais, para avaliar o andamento dos serviços, foram decisões extraída da reunião coordenada pelo diretor-presidente do Departamento Municipal de Águas e Saneamento de Ijuí (Demasi), Enio dos Santos, na manhã desta terça-feira(26).

 

O encontro, que teve lugar na sede do Demasi, contou com a presença do gerente da Unidade de Ijuí, Flavio Krampe, e da engenheira Evanise Teixeira, entre outros convidados.

 

Ao abrir a reunião, o diretor-presidente do Demasi fez um rápido resumo dos avanços alcançados nos últimos meses, o que acabou culminando com a redução de queixas da população acerca dos transtornos naturais, decorrentes da execução de obras. “São investimentos importantes e, temos certeza, a população também percebe isso. Mas toda obra mexe com a vida da cidade, altera o cotidiano das pessoas no entorno”, frisa.

 

E, é justamente para acelerar os serviços, fazendo que com essas alterações no dia a dia do cidadão seja impactado o menos possível – ou pelo menor tempo – é que esses encontros são importantes, segundo Enio dos Santos. “A partir desses diálogos nós conseguimos encontrar caminhos para solucionar os problemas”, reitera.

 

De acordo com relatório apresentado na reunião pela Corsan, somente as intervenções para conserto da rede de água chegam a uma média de seis ao dia, sendo que atualmente há mais de cem pontos que necessitam de reposição da pavimentação asfáltica ou calçamento, no centro e, também, nos bairros. “O serviço está sendo feito pelas empresas contratadas pela Corsan, mas agora entramos num período crítico, de mais incidência de chuvas, o que pode tardar a realização do trabalho”, observa o gerente da Corsan. Flávio Krampe lembra que há intensa cobrança da Corsan para que as empresas contratadas refaçam o serviço onde, por ventura, o calçamento não fique de acordo com os critérios estabelecidos.

 

Enio dos Santos informou, ainda, que o Demasi estará notificando a Corsan, nos próximos dias, em relação ao atraso e à qualidade da pavimentação que está sendo feita em determinados locais, conforme estabelece o contrato nº 231 entre o município e a Corsan.

Compartilhar
  • 6
  •  
  •  
  •  
  •  
    6
    Shares
Fonte: Prefeitura de Ijuí

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!