Busca rápidaX

MANCHETES

Deputada diz que reforma administrativa vai acabar com o funcionalismo público no Brasil

28 de setembro de 2021

A Deputada Federal Fernanda Melchionna (Psol) concedeu entrevista à Rádio Progresso nesta terça-feira (28) e teceu duras críticas ao Projeto de Emenda à Constituição (PEC) que trata sobre a Reforma Administrativa, promovida pela Governo Federal. A proposta foi aprovada na comissão especial e agora segue ao plenário da Câmara dos Deputados onde precisa receber 308 votos favoráveis para seguir ao Senado.

Melchionna colocou que a reforma é ruim para todos que necessitam dos serviços públicos, porque, segundo a parlamentar, a proposta abre margem para a terceirização deste trabalho. “Essa reforma permite que os cargos em comissão, ou seja, indicações políticas possam atuar em todas as áreas, o que vai tornar um verdadeiro cabide de emprego no país”, pontuou. “É a PEC da corrupção, da rachadinha e da república velha”, ressaltou a parlamentar.

Fernanda Melchionna salientou que os funcionários públicos com os menores salários serão os mais afetados, enquanto cargos maiores não sofrerão perda alguma. ‘É uma vergonha atingir os funcionários mais humildes que estão na ponta do atendimento e deixar de fora os Deputados Federais, Juízes e Militares’, destacou.

A parlamentar fez questão de destacar a atuação do SUS durante a pandemia, disse que o trabalho dos profissionais de saúde foi e está sendo exemplar e comparou com outros países onde não há financiamento público na saúde. ‘Nos estados unidos, que precisou de internação contra a Covid-19 e sobreviveu, hoje herda uma dívida enorme”. A comparação, conforme a Parlamentar serve para abrir os olhos da população sobre a importância do serviço público Brasileiro. 

For fim, Fernanda Melchionna (Psol) disse que segue trabalhando para que a PEC não seja aprovada no plenário da casa.  

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!