Busca rápidaX

MANCHETES

Deputado Capitão Macedo propõe que data da facada em Bolsonaro vire dia do combate à intolerância ideológica no RS

29 de novembro de 2019
Protocolado na segunda-feira (25) na Assembleia Legislativa, um projeto de lei do deputado estadual Capitão Macedo (PSL) institui o dia 6 de setembro como Dia Estadual de Combate à Intolerância Ideológica. A escolha da data não foi por acaso: é o mesmo dia em que, em 2018, o então candidato à presidência Jair Bolsonaro foi vítima de uma facada em Juiz de Fora (MG).
A iniciativa tem como base um projeto do mesmo teor protocolado pelo deputado Carlos Jordy (PSL-RJ) na Câmara Federal. Se a proposta de Macedo for aprovada, a efeméride passará a fazer parte do calendário oficial de eventos do RS.  
— As ideologias modernas e contemporâneas racionalizam e justificam paixões, muitas vezes de forma exagerada, que ao invés de promoverem um debate restrito às ideias passam à violência física ou difamatória, prática que deve ser rechaçada — argumenta o deputado gaúcho.
Além da celebração da data, o texto também prevê que o governo do Estado promova campanhas, debates, seminários e palestras sobre o tema para conscientizar a população sobre a importância da democracia e das liberdades de pensamento e de expressão.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: GaúchaZH.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!