Busca rápidaX

MANCHETES

Deputado denomina de maldades pesadas alguns pontos da reforma da Previdência

10 de julho de 2019

A tramitação do projeto da reforma da Previdência Social no plenário da Câmara dos Deputados, que ocorre no momento, causa discussão e contrariedade em muitos pontos. Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, o deputado federal pelo PDT, Pompeo de Mattos, considerou que a matéria original trazia muitos prejuízos à população, o que ele denominou de 10 a 12 maldades pesadas.

Disse que foi possível derrubar quatro desses pontos polêmicos. Citou, por exemplo, que os agricultores foram retirados da reforma da Previdência. Além disso, não haverá alteração no Benefício de Prestação Continuada, também não deverá ser implantada a capitalização que, segundo Pompeo de Mattos, seria o mesmo que entregar a Previdência Social para o sistema bancário para exploração.

Outro aspecto que não vai estar na reforma da Previdência é a desaposentação. O deputado pedetista ainda comentou que há outros pontos para serem debatidos, ou seja, aposentadoria de professores e policiais, além de evitar que pessoas viúvas tenham corte de 50% na pensão.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!