Busca rápidaX

MANCHETES

Deputado Estadual pelo Partido Novo, Fábio Ostermann avalia mudanças propostas por Eduardo Leite

24 de janeiro de 2020

O Deputado Estadual pelo Partido Novo, Fábio Ostermann, concedeu entrevista à RPI nesta manhã para falar sobre as mudanças propostas pelo governo Eduardo Leite no que diz respeito ao pacote de ‘Reforma do RS’. Depois de quase um mês de diálogos, no início desta semana, Eduardo Leite concluiu uma série de mudanças nas propostas que objetivam modernizar a legislação sobre carreiras dos servidores estaduais e adequar as regras previdenciárias gaúchas às federais.

Segundo o parlamentar, dentre os inúmeros projetos que compõe o pacote, dois são avaliados como fundamentais pelo partido. Um deles é a PLC 504, que dispõe sobre o regime próprio de previdência social dos servidores militares do estado. A proposta, na avaliação do deputado, ajuda a controlar o rombo na previdência do Rio Grande do Sul, que é a pior do Brasil, na avaliação do político.

Outro ponto que ganha destaque na visão de Ostermann é a PEC 285, que tem a vantagem de remover alguns avanços que tornavam a folha salarial dos servidores muito pesada.

Por outro lado, o Deputado Estadual afirma que o Partido Novo vai lutar para que um projeto em específico não seja aprovado: trata-se da PLC 509, que dispõe sobre a aposentadoria especial aos policiais civis e agentes penitenciários. Segundo Ostermann, essa proposta estabelece privilégios a um grupo específico de servidores, composto por aproximadamente 3 mil profissionais, que n avaliação do político, já são beneficiados em outras áreas.
Fábio Ostermann acredita que essa proposta vai contra o espírito de reforma, e afirma que além de votar contra, a bancada vai promover ações na busca de conscientizar também a comunidade sobre o que está em jogo.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!