Busca rápidaX

MANCHETES

Deputado Pompeo de Mattos critica parte do projeto de alterar CNH

7 de junho de 2019

O projeto de lei do governo federal que propõe alteração nas regras da Carteira Nacional de Habilitação divide opiniões. Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, o deputado federal, Pompeo de Mattos, do PDT, disse que a União acerta em aumentar de 5 para 10 anos o tempo de validade da CNH.

O parlamentar também concorda com o acréscimo de pontos para perder o documento, porém entende que o limite pode ser um pouco menor do que o máximo de 40 pontos, proposto pelo governo Jair Bolsonaro.

Enfatizou que agora, nas discussões da matéria no Congresso Nacional, pode ser proposto, por exemplo, 30 pontos. No momento, quem atinge 20 pontos, em razão de infrações no trânsito, perde a CNH. Porém, Pompeo de Mattos critica o quesito do projeto que retira a obrigatoriedade da cadeirinha para transporte de crianças em veículos.

Além disso, o parlamentar pedetista comenta que não é favorável à retirada de lombadas eletrônicas de rodovias ou estradas municipais, pois além ser bastante visível para motoristas, o equipamento ajuda na redução de velocidade. Porém, ele concorda com o fim dos pardais em estradas, visto que o equipamento se transformou em indústria de multas.

No tocante ao anuncio do Supremo Tribunal Federal, que ontem decidiu que o governo federal não precisa de autorização do Congresso Nacional para venda de subsidiárias de estatais, Pompeo de Mattos defende que qualquer tipo de comercialização dessa natureza seja feita somente após debate público.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!