Busca rápidaX

MANCHETES

Deputados Pompeo e Goergen encaminham propostas para minimizar perdas em caso de reforma da Previdência

7 de março de 2017
O tema sobre alteração em regras da Previdência Social, projeto que está em organização pelo governo federal, mobiliza o Congresso Nacional. Nesta manhã, durante entrevista na RPI, o deputado federal pelo PDT gaúcho, Pompeo de Mattos, frisou que se a matéria fosse votada hoje, não tem dúvida que seria aprovada pelo Congresso. No entanto, ele, particularmente, frisou que vai votar contra o projeto da União.

O parlamentar alega que a Previdência Social é superavitária e o problema está no desvio de 30% do dinheiro arrecadado, justamente da Previdência, que vai para a chamada Desvinculação da Receita da União e que serve para pagar juros de dívidas governamentais. Quem também se mobiliza devido ao projeto do governo em relação à mudanças nas regras da Previdência Social é o deputado federal, Jerônimo Goergen, do PP gaúcho.

Ele apresentou emenda que sugere regramento especial para a aposentadoria dos agricultores, substituindo a contribuição individual pela contribuição mediante a aplicação de uma alíquota sobre o resultado da comercialização da produção. Em relação ao tempo para a aposentadoria, fica estabelecido o prazo de 20 anos de contribuição e assegurada a aposentadoria no regime especial de previdência social para aqueles que tiverem completado 60 anos, para homens, e 55 anos, para mulheres.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!