Busca rápidaX

Champs Elysees

Diabetes: Saiba como prevenir e tratar a doença que afeta quase 10 % da população Ijuiense

21 de novembro de 2018

No dia 14 de Novembro foi celebrado e Dia Mundial da Diabetes, por isso durante todo o mês diversas ações são realizadas para conscientizar a população. De acordo com levantamento da International Diabetes Federation (IDF), aproximadamente, 425 milhões de pessoas entre 20 e 79 anos de idade vivem com diabetes em todo o mundo.

No Brasil, a prevalência é de 8% a 9%, o que equivale a 12,5 milhões de afetados.

De acordo com a  Endocrinologista Dr. Carmem Copetti, em Ijuí cerca de 9% da população tem diabetes. Segundo ela, o estilo de vida que cada pessoa leva contribui muito para ter ou não a doença: “É essencial que cada um tenha consciência dos cuidados com a alimentação e da importância da prática de atividades físicas” destaca a endocrinologista.
Segundo ela, os casos mais comuns registrados na maioria da população, e que não é diferente em Ijuí é a diabetes tipo 2, que antigamente afetava somente a população adulta, mas hoje, em função da má alimentação, muitas crianças chegam até o consultório já com a doença.

O diagnóstico é realizado através de um simples exame de sangue. No entanto, é preciso estar bastante atento para identificar os sinais. Segundo a doutora Carmem, inicialmente, a doença não apresenta sintomas, porém, com o passar do tempo, o paciente passa a ter sede, urinar muitas vezes, ter muita fome e, ao mesmo tempo, pode perder peso rapidamente, falta de energia, dores e dormência nas pernas, visão turva e dificuldade de cicatrização.

Cada caso receberá um tratamento específico, utilizando medicações em formato de comprimidos ou injetáveis. O plano assistencial conta ainda com orientação alimentar adequada, atividade física e o monitoramento em casa da glicemia, utilizando aparelhos portáteis. Alterações nos hábitos diários são essenciais no processo. Por isso, é preciso contar com o suporte familiar nesse momento. Segundo projeções da IDF, a tendência é de crescimento nesses números. Espera-se que, em 2040, mais de 642 milhões sejam diagnosticados com a doença.

Saiba quais são os principais tipos de diabetes


Diabete Tipo 1: ocorre, principalmente, na infância e adolescência e surge a partir da destruição das células do pâncreas que produzem a insulina. Com isso, pouca ou quase nenhuma quantidade do hormônio é produzida, tornando necessário o consumo de forma constante.

Diabete Tipo 2: presente em 90% dos pacientes com a doença, ocorre quando o nosso organismo não produz insulina de modo suficiente para controlar a glicose no sangue ou quando não consegue aproveitar o que é produzido.

Diabete Gestacional: surge quando o pâncreas da gestante não consegue aumentar a sua produção de insulina, necessária para compensar a ação dos hormônios produzidos pela placenta. Os bebês ficam expostos a maiores quantidades de glicose dentro do útero e tendem a ter crescimento excessivo, parto com traumatismo e tendência a baixar a glicose após o nascimento.

Compartilhar
  • 11
  •  
  •  
  •  
  •  
    11
    Shares
Fonte: R.P.I.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!