Busca rápidaX

MANCHETES

Dívida do governo Estadual com a saúde de Ijuí já chega a R$ 5,5 milhões

20 de maio de 2019
Sede da Secretaria Municipal de Saúde de Ijuí

A dívida do governo do Estado do Rio Grande do Sul com a Secretaria da Saúde de Ijuí já chega a R$ 5,5 milhões. Os recursos somam-se através de atrasos desde 2014, 2015 e ainda entre os meses de Junho a Dezembro do ano passado de 2018. Está incluso também a este montante, os valores ainda não pagos em 2019 de março e abril.

Somente em repasses destinados a manutenção de programas como Samu, Centro de Referência de Assistência ao Trabalhador (Cerest) e Estratégia Saúde da Família (ESF), o estado deveria destinar, todos os meses, R$ 800 mil. Já para o atendimento do SAMU/SALVAR, que é o serviço móvel de urgência e emergência, o custo é de R$ 100 mil por mês. Atualmente, enquanto o estado não quitar a dívida, o município de Ijuí arca com todos estes custos.

Segundo o presidente da Associação dos Municípios Planalto Médio (Amuplam), Adriano Marangon de Lima, nos 11 municípios de abrangência da associação, a dívida do estado supera os R$ 14 milhões.

Hoje, em Porto Alegre, o governo do estado anunciou um cronograma de pagamentos às prefeituras e hospitais municipais que tem saldo a receber. A intenção é quitar 216 milhões de reais que serão pagos em 16 vezes, a partir de junho até setembro de 2020 com uma parcela máxima de R$13,5 milhões.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!