Busca rápidaX

Divulgado balanço da Expo-Ijuí/Fenadi 2018

12 de dezembro de 2018

A Expo-Ijuí/Fenadi deste ano, que aconteceu em outubro, no parque Wanderley Burmann, teve superavit financeiro de 674 mil, 500 reais e 44 centavos. Os dados foram apresentados hoje pela manhã na Associação Comercial e Industrial. As receitas, ou seja, entrada de dinheiro, foram de 2 milhões, 568 mil, 816 e 66 centavos, porém com dados desde outubro do ano passado, após a Expo/Fenadi de 2017.

São valores referentes à venda de espaços, ingressos, permanentes, credenciais, patrocínios, estacionamento privativo e recuperação de despesas. Já as despesas ficaram em 1 milhão, 864 mil, 316 reais e 22 centavos. As despesas englobaram salários e encargos sociais, energia elétrica, água, manutenção do parque e de máquinas e equipamentos, segurança, atividades culturais, higiene e limpeza, eventos e promoções, shows, publicidade, alimentação e outros.

A prefeitura de Ijuí recebeu 166 mil reais, devido a contrato assinado este ano que estabelece recebimento de parte dos valores dos ingressos vendidos. Porém, se analisar os 12 meses, de outubro de 2017 a outubro deste ano, houve deficit de 61 mil, 192 reais e 35 centavos para administração de todo o parque Wanderley Burmann.

Esse deficit, segundo as direções da ACI e Expo/Fenadi, se deu, por exemplo, em razão de que foi necessário repasse de recursos para a prefeitura, como parte dos ingressos, além de que a ACI não recebe mais 140 mil reais por ano do município, que anteriormente ocorria.

Pelo acordo feito entre ACI e prefeitura ijuiense, desde primeiro de novembro deste ano a manutenção do parque Wanderley Burmann está sob responsabilidade do município e, assim, segue até final de agosto de 2019. Já entre primeiro de setembro a 31 de outubro do próximo ano, a ACI vai voltar a administrar o parque.

Ao participar da apresentação do balanço financeiro da Expo-Ijuí/Fenadi, nesta manhã, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Antônio Tambara, disse que o município está aberto para debater com a ACI a administração do parque.

Já o presidente da ACI e da Expo-Ijuí, Nilo Leal da Silva, frisou que nos últimos dias foi exposto para a prefeitura a contrariedade com a obrigação de ter que repassar 25% dos valores dos ingressos comercializados para o município.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!