Busca rápidaX

Divulgados os nomes dos presos que assaltaram um posto e fizeram família refém em Ibirubá

4 de novembro de 2019
Foto: Clic Espumoso

A região Alto Jacuí passou por momentos de tensão nesta segunda-feira.  Depois de pouco mais de três horas de negociações, os três bandidos que roubaram um postos de combustíveis de Ibirubá e fizeram uma família refém ao confrontar a Brigada Militar na fuga, em Alto Alegre, se entregaram à polícia.

Dos três elementos que estavam na casa dois são foragidos do presídio de Carazinho: Jerri Adriano Ufe e Tiago Henrique Kemmerich da Costa. Os outros presos são Leonardo Boeher da Rosa e Fernando Ferreira Torres, este último foi o primeiro preso logo no confronto e ficou ferido.

Eles foram presos horas depois de entrar em uma casa localizada no centro de Alto Alegre e fazer um casal de idosos de refém. Durante a negociação, os bandidos pediram a presença da imprensa. Eles exigiram uma transmissão ao vivo para que sua integridade física fosse preservada. O repórter do Clic Espumoso, Jonatan Palla, esteve no local e iniciou uma transmissão pelo Facebook.

Durante três horas aconteceu a negociação coordenada pelos delegados Marcos Vinícius e Diná Aroldi e pelo Tenente da Brigada Militar Aldair Mendes de Moraes.

A mair parte do tempo da negociação, o foragido Tiago mantinha contato telefônico com os delegados, enquanto Jerri e o outro preso ameaçavam atirar. Por várias vezes Jerri chegou a colocar a arma para fora e gritar: “Se vocês fizeram algo com nós, vai morrer gente, eu não tô brincado, vou matar!” exclamava.

Os bandidos também solicitaram que o efetivo policial que estava ao lado da residência fosse retirado para que não houvesse confronto, pedido que também foi atendido.

Por fim, os assaltantes foram convencidos a sair da residência e um por um saíram e foram presos. Inicialmente Leonardo saiu desarmado e foi preso, logo depois, Jerri saiu com um refém, o proprietário da casa, munido de uma pistola calibre 38 que em seguida atirou no chão e também foi preso. O último a se entregar foi Tiago, que saiu junto com a idosa que também era feita de refém.

Todos os presos estão sendo encaminhados para a delegacia de polícia de Espumoso, onde será realizado o trabalho de flagrante dos mesmos. Na ação, o Soldado Pedro, Comandante do grupamento de Alto Alegre foi ferido no braço, mas sem gravidade. Cerca de 50 policiais da Brigada Militar e Polícia Civil participaram da ação exitosa.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Clic Espumoso / Brigada Militar

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!