Busca rápidaX

MANCHETES

“Dou a vida para ter a minha honra lavada. Quem viver verá”, diz Najila

8 de junho de 2019
Najila Mendes de Souza reafirmou estupro e disse que jogador ficou agressivo durante o ato | Foto: Reprodução / SBT / CP

Mais um episódio do intrincado quebra-cabeças em que se transformou a denúncia de estupro e agressão de Neymar contra Najila Trindade: a troca de mensagens entre ela e seu primeiro advogado, José Edgard da Cunha Bueno Filho.

Vale a pena analisar cada palavra.

ADVOGADO: Faz o seguinte, não mostre isso para NINGUÉM. Nem para sua melhor amiga, tá?

NAJILA: Mas você acha que eu tenho que fazer os exames de corpo de delito ainda hoje? Ninguém tem. Eu achei que nem ia chegar viva no Brasil

ADVOGADO: Não

NAJILA: Estou sem dormir. Pânico. Eu ia denunciar ele lá na França mesmo. Mas fiquei com medo. Sozinha.

ADVOGADO: Se você fizer exame, eles vão perguntar quem fez. E não é a hora.

NAJILA: E ele foi muito manipulador comigo.

ADVOGADO: A lei te protege. Se você tem fotos, isso já basta.

NAJILA: Me acalmando. Fingindo ser uma pessoa legal.

ADVOGADO: Ele é (???). Conheço

NAJILA: Não quero exposição. Só isso.

ADVOGADO: E agora anda totalmente drogado.

NAJILA: Sim. Ele é louco. Meu Deus!!!

ADVOGADO: (Responde à mensagem: ‘Não quero exposição’) Por isso que tem que montar uma estratégia inteligente

NAJILA: Mas eu bati nele no dia seguinte, porque eu não ia levar esse desaforo para casa nem morta.

ADVOGADO: Tá. Descansa um pouco. Relaxa.

NAJILA: Tá bom

ADVOGADO: E quando você estiver melhor, você me mostra o material.

NAJILA: Tá bom.

ADVOGADO: Aí vou poder avaliar melhor qual caminho. Teve testemunha?

NAJILA: Não, mas ele mesmo bateu a foto machucada. Deve ter sido para se gabar com os amigos. Foi tudo muito rápido. Depois que minha ficha caiu.

ADVOGADO: Tá. Relaxa e depois falamos com calma.

NAJILA: Tá bom (emoji de beijo e foto das nádegas com hematomas)

NAJILA: Acabei de chegar em casa. Só para você ter noção mais ou menos… Pessoalmente está bem pior. Já perdi 4kg

ADVOGADO: (???) Vamos marcar na segunda para falarmos

NAJILA: Tem certeza que não preciso fazer exame de corpo de delito?

ADVOGADO: (Resposta em áudio)

NAJILA: Tá bom. Eu estou com medo de sair na rua. Ele está muito quieto. Não confio nele. Ele sabe que fez. E mandou uma mensagem: “segue sua vida que tá tudo certo!”. Achei intimador.

ADVOGADO: Com certeza. Guarde todas as mensagens. Não precisa ficar com medo.

NAJILA: Por que a gente não joga logo na mídia para acabar com a carreira desse pipoqueiro logo de vez? Ele me espancou e me estuprou. Tava bêbado e drogado, ele mesmo fala nos prints. É uma pessoa de má índole.

Viciado em drogas, agressor que precisa ser preso ou internado. Não tem condições de andar em sociedade, porque é uma ameaça para o mesmo.

ADVOGADO: Calma. Isso logo depois de apresentarmos a denúncia.

NAJILA: Tô com raiva. Eu devia ter matado ele quando tive a chance.

ADVOGADO: Nunca.

NAJILA: Você mostrou as provas e mencionou sobre o vídeo?

ADVOGADO: Mostrei o laudo e falei de vídeo e whats. Mas não deixei tirar foto. Eles sabem já de tudo. Só que a arrogância vai acabar com eles. Não faça nada de cabeça quente. Temos um bom caso. Guerra se ganha com estratégia

NAJILA: Eu sei (???) Mas é que desde que estive lá, eu não consegui viver minha vida mais. Eu tô surtando!

ADVOGADO: Calma, posso marcar a (???) na segunda?

NAJILA: (mensagem apagada)

ADVOGADO: (respondendo mensagem) Não vai ficar impune. Mas você tem que saber que uma briga dessa demora

NAJILA: (mensagem apagada)

ADVOGADO: Por isso tentei o acordo

ADVOGADO: (respondendo mensagem) Claro que não. Ele vai pagar pelo que fez pelos meios legais

NAJILA: (mensagem apagada)

ADVOGADO: Vamos

ADVOGADO: (respondendo mensagem: ‘nem que eu tenha que me envolver com os caras do pcc’): Não fale jamais isso. Ok? Temos os meios legais para resolver isso

NAJILA: (mensagem apagada)

ADVOGADO: Por favor, não mande mensagem como essa para ninguém, please!!!??? Muito menos para amiga. E por favor desligue o celular se tomar umas a mais… Beijo

NAJILA: (mensagem apagada)

ADVOGADO: Valeu

NAJILA: Caso aconteça alguma coisa comigo, o vídeo, prints (todas as provas) vão parar na internet. Já deixei esquematizado. E espero que meu filho nem se arranhe na escola.

ADVOGADO: Não vai, linda

NAJILA: (???) Bom dia. Quando puder, me liga

ADVOGADO: Saindo da reunião te ligo

NAJILA: Ok!

NAJILA: Vou publicar o vídeo. Não quero Neymar impune jogando feliz e eu sofrendo de stress pós-traumático. Não vou sofrer sozinha.

ADVOGADO: Faça o que você achar que deve. Eu não acho que isso é estratégia.

NAJILA: Qual é a estratégia então? Ele me agredir e ficar por isso mesmo? Não sei de estratégia. Só sei que a única que está se ferrando nessa história sou eu. Ninguém vai fazer nada, você viu isso ontem. Não vou ficar esperando darem um fim em mim.

ADVOGADO: A justiça vai. Mas se você prefere fazer justiça com as próprias mãos, não tenho como te ajudar.

NAJILA: Que justiça, que até agora eu só ouvir falar dela?

ADVOGADO: Acho melhor você procurar outro advogado

NAJILA: Também acho, porque eu estou aqui à mercê de qualquer maldade desse psicopata

ADVOGADO: Ok. Vou te enviar um documento renunciando a procuração que você me deu. Outra rescindindo o contrato. E te entrego todo o material que já produzimos para entrar na justiça na próxima semana.

NAJILA: Ok. Só uma perguntinha (???). Quanto você levou nessa? Me envia tudo pelo motoboy ainda hoje!!!

ADVOGADO: Desculpe. Acho que você realmente não me conhece. Segunda-feira o (???) organiza e entrega os documentos.

ADVOGADO: Najila, não temos medo de ninguém. Estamos sendo ameaçados por pegar o seu caso.

NAJILA: Quero apenas criar meu filho em paz. Mas sabe, essa mulher me mostrou que de toda dor, posso até ajudar que, como eu, sofrem e vivem apesar de mortas por dentro.

ADVOGADO: E você ainda deu bola nas nossas costas, nos ofendeu, se complicou. Coloque a cabeça no lugar

NAJILA: O contrário

ADVOGADO: Você está perdendo pessoas que querem te ajudar

NAJILA: Hoje, mais do que nunca, dou a vida para ter a minha honra lavada. Quem viver verá

ADVOGADO: Nada justifica as agressões que você dirigiu a nós

NAJILA: E sei que ao menos você nunca me traiu

ADVOGADO: Ninguém te traiu, Najila

NAJILA: Um dia saberemos

ADVOGADO: Ninguém, nem eu, nem (???)

NAJILA: Deus sabe o que faz

ADVOGADO: Estou nesse minuto montando uma carta aberta à mídia em nosso nome e em sua defesa. Pois estamos sendo ameaçados pelo pai do NJ.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Correio do Povo

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!