Busca rápidaX

Dupla é investigada por colocar explosivo em cadáver no cemitério de Novo Hamburgo

28 de janeiro de 2020
Foto: José Renato Oliveira / Prefeitura de Novo Hamburgo

Duas pessoas são investigadas sob a acusação de terem aberto um túmulo e violado um cadáver no Cemitério Municipal Willy Martin, em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. Segundo informações repassadas pela delegada responsável pelo inquérito, Ariadne Langanke, a apuração aponta que os suspeitos realizavam um ritual religioso.

Uma câmera de segurança instalada no local capturou parte da ação da dupla. O fato teria ocorrido na madrugada do dia 14. Conforme detalhes da investigação, os suspeitos entraram no cemitério e escolheram um dos túmulos de forma aleatória.

Eles teriam aberto o túmulo — onde estava o corpo de um homem — e colocado um explosivo junto ao cadáver, que foi acionado. Garrafas de bebidas e velas também foram colocadas no local. Segundo Ariadne, os suspeitos já foram ouvidos e um está culpando o outro pela ação. “O homem afirmou que o ritual seria para ajudar a mulher, que ela queria afastar o ex-companheiro dela de uma atual namorada. Pelo que estamos vendo, eles estavam acostumados a fazer isso, disseram que trabalham com esse tipo de serviço” afirmou a delegada.

Segundo a prefeitura de Novo Hamburgo, a polícia foi acionada depois que um servidor do local percebeu o crime, por volta das 7h30min do dia 14. Ariadne afirmou que os suspeitos devem ser indiciados por três crimes: violação de sepultura, destruição e ocultação de cadáver e vilipêndio a cadáver.

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!