Busca rápidaX

Eduardo Leite anuncia 2 secretárias e procurador-geral do Estado

10 de dezembro de 2018

Na manhã desta segunda-feira (10), o governador eleito Eduardo Leite anunciou o nome de três membros da sua equipe de governo. Entre eles, duas mulheres para o time de secretariado, além do procurador-geral do Estado. A jornalista Tânia Moreira será a secretária de comunicação do Estado. Para a secretaria de planejamento, Leite buscou no Distrito Federal a servidora de carreira do senado, Leany Lemos. Também foi confirmado Eduardo Cunha da Costa, 38 anos, como procurador-geral do Estado. Um quarto nome também seria anunciado, mas o governador eleito disse que o futuro secretário pediu mais alguns dias para ser apresentado. Este nome vai assumir a pasta de Governança e Gestão Estratégica e deve ser divulgado nos próximos dias.

Com o anúncio de hoje, que ocorreu no Centro de Treinamento da Procergs, na zona sul de Porto Alegre, Eduardo Leite tem cinco nomes na sua equipe divulgados. Anteriormente foram confirmados o carioca Marco Aurélio Cardoso para a secretaria da fazenda e Otomar Vivian como secretário-chefe da casa civil.

Tânia Moreira é jornalista, formada pela Universidade Católica de Pelotas e foi em 2017, durante 9 meses, secretária de comunicação do prefeito Nelson Marchezan em Porto Alegre. Leany Lemos é natural de Brasília e ocupou a secretaria de planejamento, orçamento e gestão do Distrito Federal entre janeiro de 2015 e julho deste ano, no governo de Rodrigo Rollemberg. Ela é formada em ciência política pela Universidade de Brasília e foi eleita suplente da senadora Leila do Vôlei. Eduardo Cunha da Costa é o atual procurador-geral adjunto para assuntos jurídicos do Estado e é doutorando em direito pela Universidade de Roma.

O governador eleito Eduardo Leite reiterou que continua fazendo uma transição tranquila e que vai usar o tempo necessário para concluir a sua equipe de governo. A estrutura da gestão será diferente do que a atual, usando como exemplo as estruturas do governo federal e em São Paulo, segundo Leite. O governador eleito deve definir nos próximos dias, junto com Leany Lemos, a inclusão do setor de administração na pasta de planejamento.

Para as secretarias de saúde e educação, a equipe do governo está fazendo um processo seletivo. Em parceria com a Agência Brasil do Futuro, Eduardo Leite vai analisar 8 indicações de secretários para a educação e 4 nomes para a saúde. Nesta semana os perfis pré-selecionados pela agência serão entrevistados. Leite admite que a área da saúde é delicada e exige atenção, mas considera interessante a indicação dos candidatos e a seleção dos secretários a partir dessa estratégia. “Quanto mais se abrir o nosso leque para escutarmos pessoas capacitadas para essas funções, melhor. Isso não quer dizer que tenhamos que escolher entre esses nomes. Mas teremos um cardápio maior de opções para garantir a melhor escolha que atenda às necessidades dessas áreas”, explica.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!