Busca rápidaX

Eleições 2018: eleitor que deixou de votar pode justificar voto através da internet

8 de novembro de 2018
Mais de 30 milhões de eleitores não compareceram às urnas no segundo turno das eleições de 2018

Eleitores que não votaram nas eleições têm até o dia é 27 de dezembro para justificar a ausência. A justificativa é válida somente para o turno em que o eleitor não pode comparecer. Quem deixou de votar nos dois turnos, deve fazer o processo duas vezes. 

A justificativa pode ser feita através do site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O eleitor pode enviar requerimento de justificativa ao Juiz Eleitoral de sua Zona, anexando documentos que comprovem a impossibilidade do exercício do voto (por exemplo, bilhete de passagem, atestado médico, etc.).

Quem não justifica, fica impedindo de se inscrever em concurso público, por exemplo. Além disso, se não justificar, será necessário pagar multa em qualquer Cartório Eleitoral.

Quem não votar em três turnos consecutivos de eleições, não justificar a ausência e não quitar a multa devida, terá o título de eleitor cancelado.

Não existe limite para justificativas. A Justiça Eleitoral orienta que o eleitor estabelecido em novo município solicite a transferência de domicílio eleitoral após as eleições, a fim de poder exercer regularmente o voto.

O eleitor que não votar, não justificar e não quitar sua dívida mediante o pagamento da multa eleitoral fica impedido de:

  • realizar inscrição em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles;
  • obter passaporte ou carteira de identidade;
  • renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;
  • praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda.
Compartilhar
  • 14
  •  
  •  
  •  
  •  
    14
    Shares
Fonte: editado de g1.globo.com

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Peugeot Champs Elysées
Estude Medicina na Argentina

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!