Busca rápidaX

Eleições 2020: MP cumpre mandado de busca e apreensão em Panambi

16 de novembro de 2020

O Ministério Público do Rio Grande do Sul cumpriu neste domingo, 15, mandado de busca e apreensão em investigação de irregularidades nas Eleições, entre elas transporte ilegal de eleitores e compra de votos, no Município de Panambi. As suspeitas ocorreram durante a fiscalização realizada pelo promotor de Justiça Eleitoral Daniel Mattioni, com designação para atuar junta à 115ª Zona Eleitoral, e servidores da Promotoria de Panambi em locais de votação nas cidades da Comarca.

Em Panambi, na parte da manhã, identificou-se que um dirigente partidário estaria cometendo atos de transporte irregular de eleitores e captação ilícita de sufrágio. Das proximidades de um escritório ocupado pelo dirigente, foi verificada uma movimentação atípica de pessoas, que ingressavam e saíam do local. Em abordagem, algumas dessas pessoas revelaram que estavam em busca de combustível e outras vantagens, sendo que uma sinalizou que aguardaria instruções do dirigente partidário para transporte de eleitores.

De forma célere, foi instaurado Procedimento Investigatório Criminal, e requerida, ao juiz Eleitoral, a expedição de mandado de busca e apreensão. O mandado foi deferido, sendo cumprido na própria tarde de domingo, dia das eleições, por servidores do MP, sob supervisão do promotor Eleitoral, com o apoio de policiais civis e acompanhamento por representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Foram apreendidos telefones celulares, material de campanha eleitoral, computadores e listas de distribuição de cestas básicas e outras vantagens ilegais a eleitores. Os elementos apreendidos estão sendo apurados pelo Ministério Público.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso e MP/RS
error: Conteúdo protegido!