Busca rápidaX

MANCHETES

Elenir Winck é impedida de tomar posse como presidente no MTG

12 de janeiro de 2020

A justiça decidiu suspender neste domingo (12) a eleição da presidência do Movimento Tradicionalista Gaúcha (MTG) após a candidata Gilda Galeazzi, de Passo Fundo, entrar com recurso. A panambiense Elenir Winck havia sido escolhida como a primeira mulher a ser presidente do MTG após uma votação única após um empate de 530 votos para sua chapa e a chapa de Gilda.

Conforme a ação pública, com o resultado, o desempate deveria ocorrer conforme as normas do regulamento geral do MTG, que considera eleita a chapa que tiver o candidato mais idoso. Porém, conforme o documento, isso não correu e a comissão eleitoral decidiu que Elenir, de 62 anos, assumisse no lugar de Gilda, com 65 anos.

A comissão justificou que a análise da idade de todos os membros das chapas, havia um conselheiro (suplente) mais velho. 
Por isso, Gilda entrou com a ação para anular a decisão e seja considerada a candidata mais idosa.

A decisão de Carmen Luiza Rosa Constante Barghouti. “O regulamento é claro que, em caso de empate, será eleita a chapa que tiver o candidato mais idoso. A interpretação dada pela comissão que buscou declarar vencedora chapa em um suplente é a pessoa mais idosa de todos os que concorriam na eleição é questão interpretativa e passível de análise mais aprofundada”, escreveu a juíza.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: SB Panambi

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!