Busca rápidaX

MANCHETES

Em Brasília, prefeito de Jóia busca agilizar titulação de terra das mais de 650 famílias assentadas

9 de outubro de 2021
Prefeito de Jóia, Adriano Marangon de Lima, em Brasília

O prefeito de Jóia, Adriano Marangon, participou ontem (09) de uma importante reunião junto ao INCRA- Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, pra tratar sobre a titulação das mais de 650 famílias que vivem nos assentamentos federais e não possuem titulação. Em Jóia, são oito assentamentos no total e seis deles são federais.
Segundo Marangom, algumas famílias aguardam mais de 30 anos pelo título definitivo da terra. “Apesar de produzirem e trabalharem gerando imposto e renda, essas famílias enfrentam essa situação, que é bem delicada já que, se por ventura, os pais vierem a falecer, os filhos não poderiam herdaras terras, por exemplo” afirma.
O que tem contribuído para o atraso na regulamentação, no entanto, é um entrave judicial. O prefeito de Jóia citou como exemplo o assentamento Santa Tecla, o mais antigo do município e o primeiro que será titulado. É que antes do Incra desapropriar a terra, o antigo proprietário penhorou o espaço com três bancos diferentes, no entanto, dois deles não existem mais, ou seja, a dívida foi paga, mas é necessário retirar a penhora.

No entanto, Marangon disse estar satisfeito com o retorno por parte do Incra, que vai buscar regularizar a situação o mais breve possível. Durante os dias em Brasília foram visitados 18 gabinetes de deputados além de três senadores, na busca por emendas parlamentares que possam auxiliar em demandas do município.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!