Busca rápidaX

MANCHETES

Em entrevista à RPI, pai de bebê sobrevivente à chacina em Saudades diz que filho deixou a UTI

6 de maio de 2021

O pequeno Henrique Hübler, de um ano e oito meses, sobrevivente ao ataque à Escola Aquarela, em Saudades (SC), deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e foi deslocado para o quarto de um hospital de Chapecó. O anúncio foi feito pelo pai, Diego Hübler, em entrevista ao programa Rádio Ligado. 

“Quero falar para todo o Rio Grande do Sul que meu Henrique está bem. Agradeço por todas as orações. Está sendo muito difícil para todos os pais que perderam seus filhos nessa tragédia”, destacou. Ainda, conforme Diego, o filho apresentou cortes na bochecha e no abdômen. 

O velório coletivo das vítimas ocorreu nesta quarta-feira. Todos foram sepultados no Cemitério Municipal de Saudades. Às vítimas são: Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos,  professora e dava aulas na unidade havia cerca de 10 anos; Mirla Renner, de 20 anos, era agente educacional na escola; Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses; Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses; Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses.

Por volta das 10h de terça-feira (4), Fabiano Kipper Mai, 18 anos, invadiu a Escola Infantil Pró-Infância Aquarela e, munido de um facão, matou cinco pessoas. No momento do crime, estavam na instituição cerca de 20 crianças e cinco educadoras.

Confira a entrevista: 

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!