Busca rápidaX

Em entrevista na RPI, Onyx Lorenzoni antecipa investimentos e ressalta crescimento da economia

13 de setembro de 2019

Críticas a gestões passadas do governo federal, defesa das atuais reformas propostas pela União, promessa de crescimento da economia brasileira, mais investimentos em saúde, educação e segurança pública. Esses foram alguns dos temas abordados pelo Ministro Chefe da Casa Civil do governo federal, Onyx Lorenzoni, durante entrevista hoje pela manhã na Rádio Progresso.

Inicialmente criticou o empréstimo de quase 18 bilhões de dólares feito para alguns países, segundo ele, por identidade ideológica de esquerda, numa clara alusão aos governos do PT. Disse, por exemplo, que por isso falta dinheiro para investimentos em estradas.

Falou da redução de Ministérios e do corte de 21 mil cargos de confiança, decisões tomadas pelo atual governo Bolsonaro. Até dezembro deste ano a tendência é exonerar mais 25 mil CCs ligados à União. Por outro lado, Onyx Lorenzoni destacou que por meio de medidas adotadas desde janeiro de 2019, os primeiros sinais positivos começam aparecer, por exemplo, aumento de vendas do setor de varejo.

Na mesma entrevista na RPI, o Ministro da Casa Civil defendeu o programa de privatização e observou que em novembro deste ano haverá leilão de óleo e gás que deverá resultar em arrecadação de mais de 10 bilhões de reais.

Onyx Lorenzoni também disse que o governo federal possui um programa de investimento em segurança pública, que vai resultar em contratação de mais policiais, compra de equipamentos e construção de presídios. “O ministro Moro faz um trabalho silencioso de grande qualidade. Nós temos um vigoroso programa no aumento da segurança”, ressaltou.

No segmento de saúde, para 2020 a promessa é de aumentar o número de crianças a serem atendidas no programa Criança Feliz. Hoje, o programa atende 750 mil crianças, de 0 a 5 anos, com 250 mil atendentes. O ministro ressalta que a intenção do governo é elevar para um milhão de crianças em creches e pré-escolas.

Comentou sobre o projeto de reformulação de universidades públicas, além de mais dinheiro para bolsas de estudo em universidades para o próximo ano, as do Cnpq e Capes. Nesse âmbito de bolsas de pesquisa, Onyx Lorenzoni citou a Unijuí, URI e Unicruz, como instituições que serão beneficiadas.

Para as prefeituras da região, ele destacou que somente a cessão onerosa do petróleo na camada pré-sal vai resultar em mais de 11 bilhões de reais para os municípios brasileiros. Isso também vai repercutir em mais recursos para prefeituras da região de Ijuí.

O Ministro do governo Bolsonaro ainda comentou que haverá novo pacto federativo, com melhor distribuição de verbas para os municípios, referente ao dinheiro arrecadado com impostos. Para o próximo ano, Onys Lorenzoni acredita que a economia brasileira vai crescer 2%. Também na entrevista hoje pela manhã na RPI, o Ministro da Casa Civil descartou a recriação da CPMF.

“Estamos trabalhando para corrigir os erros do passado, dar condições que o Brasil tenha presente, mas principalmente que a gente tenha certeza que o futuro é bom pros nossos filhos”, finalizou.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!